A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da DEAM de Formosa, com o apoio da PCDF deflagrou na tarde de hoje (15/06/2022) a “Operação Acalento”.

Na operação foi preso suspeito pela prática do crime de estupro de vulnerável ocorrido aos 05 (cinco) dias do mês de junho do ano de 2022 na cidade de Formosa. 



Segundo as investigações a vítima estava em uma boate no centro quando teria discutido com seu namorado. Ele foi embora e ela permaneceu no local. 

A vítima consumiu muita bebida alcoólica e acabou perdendo a consciência.

Ela saiu da boate andando e um indivíduo começou diversas investidas no intuito de atrair a vítima para o interior de seu veículo.

Parte da cena pode ser constatada por meio das imagens das câmeras de segurança das ruas.

Mesmo a vítima pedindo ajuda a moradores da região, o autor conseguiu colocá-la de forma violenta no interior de seu veículo e levá-la para um matagal às margens da BR- 020.

A vítima recorda-se de gritar e questionar o por quê de o autor estar fazendo aquilo, porém ele apenas dizia que não adiantava ela gritar, porque ninguém ouviria. 

Em determinado momento o suspeito levantou-se e a vítima saiu correndo do local, conseguiu chegar na pista e pedir ajuda.

Dois bombeiros do CBMDF que passaram na BR-020 prestaram socorro para a mulher e a levaram para a Delegacia. 

Iniciada as investigações, foi possível identificar todo o trajeto percorrido pela vítima, o veículo utilizado pelo criminoso e também sua identidade.

O suspeito possui registros criminais pelos crimes de estupro (TO) e roubo (DF).

O suposto autor foi recolhido na unidade prisional e encontra-se à disposição da Justiça.

Qualquer informação sobre possíveis vítimas do referido suspeito pode ser passada à Polícia Civil.

POLÍCIA CIVIL: investigar para proteger.

JUSTIFICATIVA PARA DIVULGAÇÃO DE IMAGEM DE PRESO segundo a Portaria nº02/2020-PC:

(x) Identificação do indiciado por novas vítimas;

(x) Surgimento de novas denúncias anônimas;

Deixe seu Comentário