No dia 7 de outubro os governos municipais vão receber os arquivos para avaliar os CNPJs do Simples Nacional. Para ajudar os gestores a analisar a situação das empresas, a área técnica de Finanças da Confederação Nacional de Municípios (CNM) elaborou uma nota com orientações de como o processo deve ser realizado.

O procedimento é importante porque os municípios precisam encaminhar para a Receita Federal a relação de indeferidos antes de janeiro. Os dados servem para que empresas com pendências sejam impedidas de entrar no Simples Nacional. 

A nota técnica pode ser acessada no site da CNM.



Fonte: bRASIL 61

Deixe seu Comentário